Imprensa

;
27-Jul-2009 12:00 - Atualizado em 16/03/2016 09:08

No escurinho da sala. Levar o cinema para casa é hoje uma tendência.

Silas Scalione - Estado de Minas


Com o surgimento a todo o instante de novas tecnologias, equipamentos e sistemas de áudio e vídeo, ter em casa sua própria sala de cinema para assistir a filmes, shows musicais - com qualidade de som e imagem impensável anos atrás - ou até mesmo programas de TV ficou bem mais fácil. O conceito de cinema em casa, ou home theater, surgiu da união da imagem da televisão com o áudio do sistema de som residencial. Do videocassete ao laser disc, passando pelo DVD e atualmente chegando ao formato Blu-ray, o mundo do áudio e vídeo evoluiu exponencialmente em pouco tempo. Hoje, é possível encontrar no mercado desde sistemas in a box (kits populares de home theater vendidos em lojas e supermercados, que o usuário põe para funcionar simplesmente plugando o equipamento à tomada elétrica) com preços bem acessíveis, até projetos modulares que custam o preço de um bom apartamento.

Ou seja, há opções para agradar a clientes de todas as faixas econômicas e níveis de exigência.

"Um home theater que atende bem as necessidades deve ter, pelo menos, uma TV de LCD ou plasma de no mínimo 42 polegadas, de preferência Full HD; um reprodutor de imagens (DVD), com prioridade para o formato Blu-ray, que é a maior novidade da área com funções de conectividade e convergência de tecnologias; e um aparelho home theater com 5.1 canais.

É importante adequar a potência do home ao tamanho do ambiente, contando, para isso, com a assessoria de um arquiteto ou engenheiro de som", ensina Raquel Martins, gerente de produto da área de Áudio e Video da LG.
PROJETOS Bruno Soares, gerente de Produtos da Samsung, ressalta que muita gente compra, por exemplo, uma TV de 50 polegadas de última geração pensando que vai assistir a filmes com efeito de cinema. "O som significa 50% dessa diversão e o usuário não vai conseguir esse prazer se não adquirir também o seu home theater, que é o elemento que transmite o envolvimento do filme", afirma ele, destacando que a Samsung oferece pacotes integrados de produtos em cinco versões: High end 1, High end 2, Mid Range 1, Mid Range 2 e Entry 1. Os preços vão de R$ 3.699 (TV de plasma 42 polegadas Série 450 e home theater modelo HT-Z320), do pacote Entry 1, a R$ 13.100 (TV LED Série 6000 de 55 polegadas e home theater com Blu-ray HT-BD 1250) da versão High end 1.

Projetos que se revertem em prazer de áudio e vídeo estão realmente disponíveis para sonhos e bolsos de toda espécie. A estudante de comunicação Daniele Gonçalves Pinto, por exemplo, montou um home theater em sua casa, no quarto do irmão, simplesmente adquirindo um televisor novo, um equipamento in a box e contando com a ajuda de uma decoradora. Por sua vez, o empresário Múcio Ribeiro, que já tinha um excelente home theater, mudou de apartamento, contratou uma empresa especializada e criou no novo endereço uma verdadeira sala de cinema controlada por um sistema de automação residencial. E, mostrando ser mesmo apaixonado pelos bons sons e imagens, não se desfez do antigo equipamento, instalando-o em outro ambiente da casa.

UAI
Deixe seu Recado