Imprensa

;
22-Nov-2018 13:44
Solução Inteligente

Morador de Blumenau instala sistema que barra resíduos em bueiro

novembro, 2018, imprensa, Tiago dos Santos/Facebook/Reprodução
O comerciante estava planejando instalar o bueiro inteligente há mais de um ano.Tiago dos Santos/Facebook/Reprodução

Tiago dos Santos, sócio proprietário de uma loja de quadros decorativos em Blumenau (SC), instalou na rua de seu negócio um bueiro inteligente. Preocupado com o meio ambiente, o comerciante tomou a iniciativa de produzir e instalar ele mesmo o produto que funciona como uma peneira para o bueiro.

A peça é feita de ferro e de acordo com Santos, em conversa com o Jornal de Blumenau, a parte da instalação foi problemática devido à irregularidade da rua, mas o resultado ficou bom.

novembro, 2018, editor,
Tiago dos Santos/Facebook/Reprodução

O bueiro inteligente é como um cesto coletor colocado no bueiro e seu objetivo é reter e armazenar todo tipo de resíduo, orgânico ou artificial, deixando apenas a água passar por ele, melhorando assim a qualidade da água que vai para o sistema de esgoto do município.

A manutenção da peça é muito simples, basta abrir a tampa e remover o cesto coletor para retirar os resíduos coletados e reposicioná-lo. Os materiais encontrados ali, caso sejam recicláveis, podem ser separados e enviados para cooperativas de reciclagem.

Santos que mora e trabalha na cidade disse que já realiza outras diversas ações na cidade e estava planejando instalar o bueiro inteligente há mais de um ano. “Ele já funciona em vários países e contribui para que o lixo não chegue até ribeirões, rio e mares. Minha preocupação com o planeta é muito grande. Temos que pensar local, para atingir o global”, contou ao Jornal de Blumenau.

novembro, 2018, editor,
Tiago dos Santos/Facebook/Reprodução

Ele defende a importância da estrutura, porque “a água passa, o lixo fica e o rio agradece”. E a ideia é não permitir que o lixo chegue nos rios, mantendo os possíveis poluentes fora de uma área de maior impacto. “O plástico é um dos grandes causadores de poluição. A xepa de cigarro, por exemplo, feita de fibra sintética, derivado do plástico, se degrada em partículas menores e acaba sendo alimento de animais na natureza”, explicou Santos.

Inspiração

A iniciativa de Tiago foi citado pelo vereador Alexandre Caminha (PSD) como exemplo durante a sessão na última quinta-feira (8) na Câmara de Vereadores da cidade. Caminha foi convidado a estudar formas de disseminar o projeto no resto da cidade. 

Ciclo Vivo
Deixe seu Recado