Imprensa

;
07-Mar-2019 14:00
Arquitetura

Como a 'Malha Bluetooth' poderá mudar a forma como habitamos a arquitetura

2019, imprensa,
Imagem por Alexandre Zveiger

por David Hakimi | Traduzido por Eduardo Souza
Imagine luminárias que atuam como transmissores Bluetooth, permitindo que os smartphones ajudem os visitantes a encontrar o caminho em torno de um edifício. Imagine um sistema de iluminação que possa identificar a localização de pessoas e pontos físicos dentro do prédio. Imagine um sistema de automação que pode usar dados de ocupação e preferências pessoais para orquestrar um ambiente de construção otimizado e personalizado.

2019, editor,
2019

Ao contrário dos sistemas de iluminação sem fio, como o Wi-Fi, a Malha Bluetooth é projetada para grandes conjuntos de dispositivos, sendo numerados em milhares. Interruptores, HVAC, sensores, luminárias e elementos sombreadores podem se comunicar entre si enviando uma mensagem ou comando através de todos os dispositivos nessa cadeia Bluetooth até chegar ao destino para executar a operação (por exemplo, ligar as luzes do escritório do terceiro andar). A comunicação, em vez de passar pelo roteador WiFi, vem do dispositivo de origem e viaja da luminária para o sensor, para a unidade AC, para qualquer outra cadeia de dispositivos habilitados para Malha Bluetooth, como uma auto-estrada Bluetooth ou um sistema nervoso central do corpo, até o comando alcançar as luzes no 3º andar.

A malha Bluetooth oferece suporte à comunicação device-to-device-to-device, para que qualquer dispositivo na rede possa se comunicar com qualquer outro dispositivo na rede. Além disso, os dispositivos não precisam estar no alcance direto do rádio do comando de origem. As mensagens são retransmitidas pela rede a partir de dispositivos em uma série de "saltos" e podem, portanto, abranger áreas físicas muito grandes.

2019, editor,
Imagem por John Sturrock. ImageAllies and Morrison, Kings

Terminologia para ajudar você a entender as malhas Bluetooth:

Nós: Dispositivos (ou seja, interruptores, dispositivos de iluminação, sensores, unidades de ar condicionado, telefones, etc.) que fazem parte de uma rede de malha Bluetooth.

Mensagens: Os nós na rede de malha Bluetooth comunicam-se entre si usando mensagens. Mensagens representam vários tipos de comandos que um nó pode iniciar.

Bluetooth Mesh Vs. WiFi

A diferença mais significativa entre os sistemas de iluminação sem fio (WiFi) e os sistemas de iluminação de Malha Bluetooth está no método de comunicação. Uma rede que usa Wi-Fi é baseada em uma rede central chamada roteador, e todos os comandos e tráfego passam por esse roteador. Cada luminária deve poder se comunicar com a rede sem fio. Se o roteador não estiver disponível, a rede de dispositivos ficará indisponível para comunicação.

Por outro lado, os nós da Malha Bluetooth (dispositivos de iluminação, sensores e outros dispositivos) recebem mensagens de outros nós que estão ao alcance de rádio direto com o nó de origem.

2019, editor,
2019

Comunicação de 2 Vias e Coleta de Dados do Comportamento do Usuário

Uma das vantagens de usar a Malha Bluetooth sobre o WiFi para iluminação inteligente é que ele pode suportar comunicações bidirecionais. Assim que os sensores da luminária estiverem no lugar, a mesma infraestrutura pode ser usada para monitorar outras condições do edifício, como ocupação ou temperatura, e enviar essas informações de volta para um sistema de controle. A coleta de dados sobre o uso da sala e os padrões de comportamento do usuário permite que prédios inteligentes automatizem processos na estrutura que podem reduzir o consumo de energia e melhorar a experiência do usuário em uma escala muito grande com muito menos fios.

A criação de inteligência em luminárias LED foi a primeira parte da evolução da iluminação inteligente. Muitas luminárias LED agora possuem programabilidade incorporada para ajustar as características da luz, como matiz, intensidade de luz, escurecimento e consumo de energia; e quando você adiciona comunicações sem fio, como a Malha Bluetooth, isso cria ecossistemas de iluminação inteligentes. O ecossistema poderia ser um edifício comercial ou agora, com o alcance das Malhas Bluetooth, uma coleção de edifícios.

Sobre o autor:

David Hakimié é especialista em iluminação e um dos co-fundadores da Alcon Lighting. Formado pela Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), David trabalha nas linhas de frente da revolução de iluminação com eficiência energética, permitindo que arquitetos, projetistas e engenheiros de iluminação façam a transição da iluminação halógena e fluorescente antiquada para o que David chama de “o substituto ideal para todas as aplicações de iluminação” - os LEDs. David se orgulha do conhecimento de design, energia e construção sustentável da Alcon, seguindo o compromisso da Alcon com a qualidade, inovação, responsabilidade e valorização das lições aprendidas com seu pai, um vendedor e consultor de iluminação do sul da Califórnia há mais de duas décadas.

Arch Daily
Deixe seu Recado