Imprensa

;
19-Set-2019 14:56
Internet das Coisas

China instala centenas de postes de luz inteligentes que transmitem rede 5G

2019, imprensa, Getty Images
Com avanços em Internet das Coisas (IoT), estruturas urbanas verificam infrações de trânsito, monitoram a qualidade do ar e enviam dados em tempo real para autoridadesGetty Images
Por João Ortega
Uma das grandes tendências em inovação no mundo é o conceito de cidades inteligentes (smart cities), em que os próprios componentes do contexto urbano monitoram e analisam dados para promover uma melhor qualidade de vida. Isto só é possível com avanços nas áreas de Internet das Coisas (IoT) e redes de alta velocidade. O governo da China tem  planos de tornar suas principais cidades mais inteligentes e, neste sentido, está instalando postes de luz de alta tecnologia nestes locais.

Segundo reportagem do portal KrAsia, a substituição de postes de luz tradicionais por estruturas inteligentes multifuncionais já está ocorrendo em Tianjin, Pequim e Hong Kong. Os dispositivos têm câmeras e sensores. Entre as funções dos postes hi-tech, estão monitorar a qualidade do ar, verificar infrações de trânsito e transmitir rede 5G.

As informações em relação a poluição e violação das leis de trânsito são enviadas para autoridades responsáveis. Em algumas cidades China, não é incomum que o governo determine paralisação de certas indústrias em caso de poluição no ar acima de níveis seguros.

Apesar da maior velocidade na conexão, a rede 5G requer mais pontos de transmissão do que o 4G. Por conta desta estrutura descentralizada, transformar postes de luz em antenas surge como uma solução para ampliar a distribuição.

Em Hong Kong, os postes inteligentes foram alvos dos manifestantes. Foram danificados 20 aparelhos com a justificativa de que seriam mais uma forma de vigilância do Governo Central sobre a população da região especial da China.

Startse
Deixe seu Recado