Imprensa

;
23-Ago-2018 10:49
Cidade Inteligente

Canadá terá cidade inteligente construída por Alphabet, dona da Google

A Alphabet, dona da Google, está trabalhando em parceria com o governo de Toronto para construir uma cidade inteligente que deve ser referência para o mundo todo no que há de mais moderno em tecnologia quando for concluída.

A construção será feita na beira-mar leste de Toronto em uma área pouco desenvolvida por um custo aproximado de um bilhão de dólares. Confira o vídeo de apresentação criado pela Sidewalk Labs, parte da Alphabet responsável por inovação urbanística.

Os criadores do projeto estão chamando a participação da comunidade local e tornando públicas o máximo de informações de maneira clara. Recentemente a organização divulgou um pdf contendo as principais informações de planejamento em que revela em detalhes como será construída e com que materiais, ponto importante para a sustentabilidade.

Grande parte da obra utilizará madeira, com um método de engenharia que pode garantir a Toronto o título de cidade com a edificação mais alta a ser construída utilizando a matéria. 

agosto, 2018, editor,
Smart City

Segundo a Sidewalk Labs, esta tecnologia de engenharia utilizando madeira permite construir estruturas mais baratas sem perder qualidade, já que as madeiras que serão utilizadas são à prova de fogo e tão resistentes quanto aço e concreto. 

Mesmo que o planejamento seja construir algo por volta de 280.000m², o projeto ainda precisa encarar algumas leis estaduais. Entre os planos está o de construir edifícios com estruturas de madeira com até 50 andares, mas atualmente o município de Toronto permite a construção de prédios com apenas seis andares utilizando esta técnica de engenharia. 

agosto, 2018, editor,
Smart City

Também está sendo pensada uma estratégia para construir estradas que sejam capazes de derreter neve e áreas que bloqueiem o vento, isso tudo para fazer com que as pessoas circulem mais pelas ruas e passem mais tempo fora de casa. Os quarteirões também estão sendo pensados para serem facilmente adaptados ao crescimento populacional e a carros autônomos. 

As decisões estão sendo tomadas levando em consideração a opinião dos moradores locais que são colhidas em sessões públicas, confira abaixo uma das exposições do projeto à comunidade. 

 

Mundo Conectado
Deixe seu Recado