Imprensa

;
05-Out-2017 14:07
Automação

Automatização da Luz!

outubro, 2017, imprensa, .
Recurso deve buscar, principalmente, levar aos usuários maior segurança, economia e praticidade.

Texto: Fernando Ramos

A iluminação é um dos elementos mais importantes na arquitetura. É como se esta última ganhasse vida, alma… Falo não só da iluminação artificial, mas, principalmente, da natural.

A iluminação artificial é distinta para diferentes espaços, sejam comerciais, residenciais ou corporativos. É importante um layout luminotécnico com a precisa especificação de lâmpadas e luminárias mais apropriadas para o uso em estudo. Lâmpadas possuem diferentes temperaturas de cor, proporcionando conforto visual ao usuário, gerando efeitos maravilhosos para instalações internas ou externas.

É aí que entra a automação. A automatização da luz nos ambientes deve buscar, principalmente, levar aos usuários maior segurança, economia, conforto, entretenimento e praticidade. Mas, para obtermos resultados satisfatórios, temos que considerar detalhes pertinentes à infraestrutura, conhecimentos gerais do integrador com a automação e o perfil dos usuários.

Em todas as áreas, é possível, hoje, automatizar a luz para que, em uma mesma luminária, as lâmpadas mudem sua temperatura de cor, proporcionando uma luminosidade mais semelhante à natural, que lembre o amanhecer, o entardecer ou o anoitecer. Isso vai aumentar a produtividade do colaborador nos escritórios e ambientes comerciais e corporativos em geral, assim como a satisfação dos proprietários de residências.

Hoje, o uso da iluminação dimerizável é fundamental para diminuir o consumo de energia e proporcionar cenas planejadas com a iluminação. Por exemplo: em um quarto de dormir, onde agrega mais conforto e faz toda a diferença. A iluminação em áreas externas e em fachadas (ou monumentos arquitetônicos e artísticos) também vem crescendo dia a dia, pois faz com que o referencial urbano seja notado à noite, ganhando maior impacto.

A luz é a linguagem da arquitetura com o ser humano, pois mexe com seus sentimentos e com seu humor. Ela pode deixá-lo triste ou feliz, agitado ou tranquilo. É comum, hoje, vermos a cor na luz, principalmente em área de relaxamento, como salas de banho. Gosto de pontuar uma luz relaxante, com filtro azul como cenário no circuito de iluminação de um banheiro, por exemplo. É algo surpreendente – e realmente relaxa. Tudo devidamente automatizado (e de preferência, em LEDs).

Revista Áudio e Vídeo
Deixe seu Recado